Infor ajuda a CERN na descoberta do bóson de Higgs

Share
Solução da Infor gerencia mais de um milhão de peças de equipamentos, incluindo componentes do acelerador de partículas, LHC. A solução possibilita a antecipação de falhas e redução de custos

Feb 08, 2013

A CERN - Organização Europeia para Pesquisa Nuclear utiliza o  Infor EAM, solução da Infor para gestão de ativos empresariais, para gerenciar mais de um milhão de ativos, incluindo componentes do Grande Colisor de Hádrons (LHC), usado na recente descoberta do bóson de Higgs. Com a solução a CERN conseguiu melhorar a antecipação de problemas e falhas, a capacidade de cumprir compromissos assumidos com prestadores de serviço internos e externos, além de reduzir custos.
O projeto começou há 15 anos, inicialmente destinado a compartilhamento de dados e elaboração de procedimentos, e hoje ajuda a CERN em questões como rastreabilidade crítica, cumprimento de radiação, nível de serviço e problemas de manutenção preventiva nas instalações.
"Por trabalhar com ativos raros e numerosos, a CERN precisa de funcionalidades bem específicas nas operações, como alta capacidade para gestão de ativos móveis, segurança de dados e nos acessos pessoais e requisitos complexos de conformidade", explica Charles Philips, CEO da Infor.
Além dos mais de um milhão de equipamentos, a CERN precisa gerenciar sua equipe interna e 50 prestadores de serviços externos, que possuem diferentes tipos de contratos de serviços. Por isso, explica o engenheiro de sistemas da CERN, "é necessário um sistema de gestão flexível, para que cada item dos equipamentos, tarefas e contratos sejam rastreados, prevenindo falhas e seguindo o tempo de atividade para os programas científicos".
Hoje grande parte das atividades de infraestrutura de manutenção da CERN, incluindo vigilância, estradas, instalações de aquecimento e refrigeração, além da instrumentação científica (incluindo os aceleradores de partículas), são gerenciadas pelo Infor EAM.
Ao todo são gerados mais de 180 mil pedidos de trabalho por ano, desde tarefas de manutenção preventiva até controle de estoque e organização de programas de manutenção e inspeção. Para os instrumentos científicos, a solução se tornou peça essencial do sistema de controle de fabricação, permitindo à equipe da CERN visualizar o histórico completo de cada item.
Novas funcionalidades

Recentemente, uma plataforma móvel de gestão de manutenção para os engenheiros e técnicos que trabalham remotamente foi implementada, enquanto o "EAM Lite", aplicativo de acesso de dados pela web está em desenvolvimento final. Com ele, cada usuário terá a opção de adaptá-lo ao seu ambiente de trabalho próprio, com uma base de dados única e segura.
Também foi feita a integração do Infor EAM com uma biblioteca de infraestrutura de TI (ITIL); uma ferramenta de suporte que fornece informações de todos os usuários em um único ponto de acesso.
Outra novidade é um projeto de rastreabilidade de material radioativo, que está sendo desenvolvido para possibilitar a identificação dos equipamentos que requerem um acompanhamento mais próximo depois de terem sido removidos do Grande Colisor de Hádrons.
Segundo Martel, o monitoramento dos aceleradores é uma das áreas mais críticas para antecipação e prevenção de falhas. "Temos que seguir regras de proteção contra as radiações, mantendo nosso estoque de material radioativo up-to-date. Isso é necessário para a apresentação periódica às autoridades suíças e francesas de proteção de radiação", explica.
Martel também ressalta a dependência no sistema de gestão, tanto agora como no futuro: "Na CERN, a manutenção começa assim que um evento foi gerado no sistema. Se a solução não está disponível, a manutenção não pode ser feita. Somente os dados armazenados no Infor EAM são considerados dados válidos".
Sobre a CERN
A CERN (Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear) é líder mundial em pesquisa de física de partículas. Sediada em Genebra, atualmente possui como membros os países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Dinamarca, Eslováquia, Espanha, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Itália, Noruega, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Suécia, Suíça. A Romênia é um país candidato e Israel e Sérvia são membros associados em fase de pré-adesão. Estados Unidos, Índia, Japão, Rússia, Turquia, a Comissão Europeia e a UNESCO têm estatuto de observador.

Press contacts

Media contacts - Americas

Dan Barnhardt
U.S.A. and Canada
Phone:+1 646 336 1731
Email:dan.barnhardt@infor.com

Claudia Vazquez
Latin America
Phone:+54 11 4010 8079
Email:claudia.vazquez@infor.com

Media contacts - Europe, Middle East and Africa

Richard Moore
United Kingdom, Southern Europe,
Middle East and Africa
Phone:+44 121 615 8189
Email:richard.moore@infor.com

Tanja Hossfeld
Central, Northern and Eastern Europe
Phone:+49 172 7481 111
Email:tanja.hossfeld@infor.com

Media contacts - Asia

Phyllis Tan
Phone:+65 9799 9133
Email:phyllis.tan@infor.com

Industry analyst contact

Sharon Sulc
Phone:+1 614 537 6634
Email:sharon.sulc@infor.com

Specialized by industry.
Engineered for speed.
© Copyright 2017. Infor. All rights reserved.