Tendências tecnológicas e os novos desafios do mercado de alimentos e bebidas

Share
food&bev-bread5818756. Por Ana Paula Horemans, gerente de produtos para Infor Brasil

Jun 08, 2015

Nos últimos anos, a indústria de alimentos e bebidas passou por grande crescimento - no Brasil, esse setor representa parte significativa do PIB. O aumento da população, o crescimento da economia e da renda são fatores determinantes para a demanda desses produtos.
A diversidade maior de produtos, a concorrência mundial, mudanças nos padrões de compra dos consumidores, a consolidação de players globais, segurança alimentar, rastreabilidade, sustentabilidade e regulamentos mais rigorosos entre outras questões desafiam essas indústrias.
A maioria dos desafios é movida pela natureza única do negócio em que a oferta e a demanda são altamente variáveis.

Alguns desafios e tendências da indústria:
Inovação de produto. A tendência da valorização das experiências gastronômicas e culinárias por parte do consumidor cria a necessidade de lançar constantemente novos produtos para permanecer relevante e atrair consumidores.  A maior variedade de produtos, sabores e tamanhos de embalagens aumenta a complexidade na previsão, gestão de estoque e programação da produção.
Qualidade e conformidade. Má qualidade significa penalidades e consumidores insatisfeitos. Um recall, além de um custo muito alto, pode causar danos irreversíveis a uma marca. Os compradores, cada vez mais conscientes e informados, procuram produtos que sejam seguros e de qualidade comprovada. Para atender consumidores mais exigentes e também a uma rigorosa regulamentação, atributos como rastreabilidade, garantia de origem, rotulagem informativa, controle de riscos e certificação de qualidade são indispensáveis. Outro fator importante a ser considerado é que a qualidade dos ingredientes pode variar de lote para lote; portanto, ser capaz de ver o inventário por atributo é essencial para qualidade.
Custos operacionais, rendimento e margem.  O mercado de alimentos e bebidas está mais complexo. Os consumidores buscam variedade, produtos saudáveis a preços mais acessíveis. Boa parte das matérias-primas incluem atividades como o plantio, seleção dos reprodutores animais, etc. Variações climáticas e de safras têm grande impacto nos custos. Uma pequena alteração no rendimento muitas vezes pode significar uma grande mudança nos lucros. Em um negócio de margens apertadas é essencial gerenciar custos e margens de forma detalhada e em toda a cadeia de abastecimento.
Excelência de serviço. Alguns ingredientes estão disponíveis apenas em determinados períodos do ano; muitos têm vida útil curta. Promoções podem criar picos de demanda que muitas vezes são difíceis de prever e de planejar compras de matérias-primas e embalagens, produção e capacidade de distribuição. Uma gestão da produção, planejamento e execução, com a habilidade de capturar, visualizar e analisar todas as informações, é a garantia de dirigir um serviço de excelência.
Sustentabilidade. Atualmente, os consumidores estão mais preocupados com o meio ambiente, são adeptos de embalagens recicláveis e favorecem empresas que tenham comportamento sustentável e ético. A pesquisa e o desenvolvimento de receitas e fórmulas mais inteligentes, que respeitem o crescente foco na segurança alimentar, cumpram com os regulamentos de proteção ao meio ambiente e que proporcionem benefícios como, por exemplo, a redução do consumo de água e descarga de águas residuais, é fundamental.
Mobilidade. Nas empresas, soluções de mobilidade proporcionam benefícios como informações precisas, rapidez e agilidade na obtenção de dados, redução de erros com processos de digitação e conferência e aumento da produtividade. Além disso, os consumidores também usam smartphones e tablets para monitorar, entre outras coisas, sua saúde pessoal. Com isso, a indústria alimentícia deverá oferecer cada vez mais transparência e informações.

O ambiente de negócios atual torna imperativo que as empresas melhorem continuamente sua capacidade de resposta às demandas dos consumidores, varejistas, reguladores do governo, acionistas e fornecedores.
Para uma eficiência produtiva maior, redução de custos e sistemas de produção sustentáveis é preciso investir em pesquisa, desenvolvimento e inovação de produtos e de processos. Neste aspecto, a tecnologia tem papel fundamental por meio de soluções dedicadas a resolver desafios específicos da indústria de alimentos, como o prazo de validade, rendimento, planejamento de desmontagem (aves, suínos, bovinos, etc.), gestão de atributos (sabor, embalagem, etc.) e programação de silos, além de agregar benefícios nas tendências apresentadas.

Não é mais suficiente que a tecnologia apenas apoie o negócio, ela também deve impeli-lo. Somente quando os negócios e as estratégias de tecnologia estiverem devidamente alinhados, as indústrias de alimentos e bebidas poderão atingir o valor máximo possível de seus investimentos em software empresarial.
Hoje, existem no mercado, soluções tecnológicas que além de suportar as operações básicas de processos de negócios também oferecem: 
- Informação: A informação certa na hora certa.
- Colaboração: Dinâmica de colaboração e comunicação em toda a empresa e cadeia de abastecimento.
- Mobilidade: Informações e ferramentas onde, quando e como elas forem necessárias. 
- Integração: Flexível, plataforma de tecnologia preparada para o futuro para atualizações, conexão e alteração de sistemas.
- Processo: melhoria contínua em processos de modo a maximizar a eficiência.
- Menor TCO: Uma solução construída para o seu setor.

 

 

 

 

 

Outro fator importante é que as empresas do setor de alimentos e bebidas não têm as mesmas necessidades, as mesmas questões.
Uma empresa de fabricação de produtos lácteos frescos tem certos requisitos especiais que não são encontrados em uma empresa de fabricação de enlatados.

 

 

 

 

 

 

 


Já contamos com soluções onde os componentes são configuráveis permitindo que cada empresa possa usar e configurar os componentes da maneira a atender requerimentos, necessidades específicos.  Soluções tecnológicas que suportam as necessidades que são semelhantes para a maioria das indústrias alimentícias, mas também com base nas necessidades de cada segmento do setor, por exemplo:
Laticínios
" Planejamento de demanda com algoritmos de previsão diários,
" Restrições de prazo de validade construído em soluções de planejamento e programação,
" A classificação do leite (gordura%) com atributos,
" Alertas e gestão de eventos aumentando a capacidade de resposta às mudanças na demanda e alerta para produtos em estoque com baixo prazo de validade,
" Lotes obsoletos em quarentena no inventário.
Bebidas
" Previsão de demanda considerando sazonalidade, promoções,
" Sequenciamento e mudanças da produção por tipo de embalagem e tamanho,
" "Blend" e fórmula,
" Gestão de co-produto e subproduto,
" Regras de limpeza durante o processo,
" Lote e sub lote,  rastreabilidade de lotes gráfica e "recall",
" Gestão de embalagens retornáveis,
" Suporte para promoções, preços e descontos,
" Manutenção da planta integrada - Capital Intensivo.
Panificação
" Prazo de validade e gestão de validade,
" Otimização da receita e fórmula,
" Sequenciamento avançado de produção,
" Planejamento do inventário para produtos sazonais (Natal, Páscoa),
" Lote e sub lote,  rastreabilidade de lotes gráfica e "recall",
" Planejamento de rotas de vendas/entregas,
" Gestão de embalagens retornáveis.
Confeitarias
" Previsão de demanda altamente sazonal e otimização de inventário,
" Atributos únicos de produto, como viscosidade, sólidos totais, teor de gordura, etc.,
" Capacidade de gerenciar os produtos onde o peso real de um item individual varia, quer devido à variação biológica ou condições ambientais (evaporação),
" Múltiplos canais de vendas, incluindo vendas on-line,
" Programação e Gestão de Tanques (Silos) ,
" Mix de restrições de prazo de validade de produtos acabados,
" Suporte para promoções, preços e descontos.
Ingredientes
" Sazonalidade de oferta,
" Sequenciamento e mudança de produção por tipo de embalagem  e tamanho,
" Fórmulas e especificações personalizadas,
" Gestão de co-produto e subproduto,
" Regras de limpeza durante o processo,
" Lote e sub lote, rastreabilidade de lotes gráfica e "recall", 
" Gestão de embalagens retornáveis,
" Manutenção da planta integrada - Capital Intensivo.
Pre-cozidos / Refrigerados
" Prazo de validade e gestão de validade,
" Otimização da receita e fórmula ,
" Controle de pequenas tiragens,
" Lote e sub lote, rastreabilidade de lotes gráfica e "recall', 
" Rota de vendas e entregas,
" Abordagens "Make to stock" e "make to order" ,
" Suporte e agilidade na introdução de novos produtos,
" Sazonalidade na demanda e preferências dos consumidores,
" Gestão detalhada de custo por lote.
Carnes / Aves / Peixes
" Capacidade de gerenciar os produtos onde o peso real de um item individual varia, quer devido à variação biológica ou condições ambientais (evaporação) em toda a cadeia de abastecimento,
" Estrutura de materiais reversa
" Controle do prazo de validade,
" Otimização de corte de carne, 
" Ingredientes alternativos admissíveis na receita,
" Alocação de custos baseada no mercado pós processo ,
" Operações de vendas e planejamento integradas ,
" Lote e sub lote, rastreabilidade de lotes gráfica e "recall", 
" Preços e Promoções baseadas em atributos,
Todas estas questões inevitavelmente levam a uma pergunta: O que é mais importante, as pessoas, o software, ou o processo de negócio? A verdade é que todos eles são importantes. Cada elo da cadeia precisa de força suficiente para suportar os outros elos. Seu software é uma ferramenta que deve espelhar o seu processo de negócios.

Press contacts

Media contacts - Americas

Dan Barnhardt
U.S.A. and Canada
Phone:+1 646 336 1731
Email:dan.barnhardt@infor.com

Claudia Vazquez
Latin America
Phone:+54 11 4010 8079
Email:claudia.vazquez@infor.com

Media contacts - Europe, Middle East and Africa

Richard Moore
United Kingdom, Southern Europe,
Middle East and Africa
Phone:+44 121 615 8189
Email:richard.moore@infor.com

Tanja Hossfeld
Central, Northern and Eastern Europe
Phone:+49 172 7481 111
Email:tanja.hossfeld@infor.com

Media contacts - Asia

Phyllis Tan
Phone:+65 9799 9133
Email:phyllis.tan@infor.com

Industry analyst contact

Sharon Sulc
Phone:+1 614 537 6634
Email:sharon.sulc@infor.com

Specialized by industry.
Engineered for speed.
© Copyright 2017. Infor. All rights reserved.